Electrodomésticos – Importância na poupança de energia

Quarta-feira, 11 de Abril, 2012
   

Os electrodomésticos são um bem imprescindível e muito utilizado no dia-a-dia da maior parte das pessoas.
A sua utilização tem permitido facilitar imenso a realização de tarefas domésticas, realizando-as, muitas vezes, mais eficazmente e mais rapidamente, em comparação com o método manual. A lavagem de pratos e roupa, a preservação e a confecção de alimentos, o aquecimento e a refrigeração de um quarto, ou a limpeza de pó, são algumas das funcionalidades mais usufruídas dos electrodomésticos na realização de tarefas do quotidiano.
Para além de tarefas relativas à lida da casa, os electrodomésticos desempenham algum protagonismo no lazer e informação. As televisões são importantes fontes de entretenimento e transmissão de notícias, conhecimento e cultura, dentro do espaço habitacional de cada um de nós.

E são estes números infindáveis de funcionalidades, algumas delas exclusivas e insubstituíveis, que causam uma dependência incessável pelo uso de electrodomésticos. Porém, a sua utilização requer o dispêndio de energia elétrica, tal como o seu nome indica(electro-doméstico). E essa mesma energia é um bem cada vez mais solicitado no mundo e cuja grande parte da sua produção provém de combustíveis fósseis que, ao contrário das energias renováveis, se caracterizam como um meio fácil de obtenção de energia, porém caro, esgotável e limitado, cujos valores monetários se refletem posteriormente na fatura da elétricidade e todos os bens manufaturados que impliquem gastos energéticos.

E é por todo este conjunto de factos anteriormente referidos, que a importância de poupar energia se eleva, tanto pelas questões económicas, como pelas ambientais. Pequenos gestos e alterações/correcções comportamentais no dia-a-dia, podem fazer discretamente a diferença, resultando numa acumulação de energia poupada que se refletirá na redução redução dos valores a pagar na fatura do final de cada mês. E se existir uma mobilização geral e consciencialização sobre a importância de poupar energia, interferindo primeiramente nos principais responsáveis pelo seu consumo, será possível fazer uma gestão responsável dos recursos da Terra, nomeadamente através da consequente redução da exploração excessiva dos combustíveis fósseis, que para além de imprescindíveis e esgotáveis, são altamente responsáveis por diversos tipos de poluição.

Depois de todo este discurso apologista da poupança de energia através dos electrodomésticos, consegue ficar indiferente à sua importância?

No seguimento da importância dos electrodomésticos na poupança de energia, o próximo artigo do Dicas Poupar, será dedicado à divulgação de dicas concretas sobre como poupar energia com electrodomésticos!